30 junho 2014

Resenha: Insurgente, Veronica Roth.


Insurgente

Livro: Insurgente.
Editora: Rocco.
Páginas: 509.
Autor: Veronica Roth.
"Na Chicago futurista criada por Veronica Roth em Divergente, as facções estão desmoronando. E Beatrice Prior tem que arcar com as consequências de suas escolhas. Em Insurgente, a jovem Tris tenta salvar aqueles que ama - e a própria vida – enquanto lida com questões como mágoa e perdão, identidade e lealdade, política e amor. "

Uma escolha se torna um sacrifício.
Uma escolha se torna uma perda.
Uma escolha se torna um fardo.
Uma escolha se torna uma batalha.
Uma escolha pode te destruir.



Depois de Divergente, demorei um pouquinho para comprar esse livro e conseguir lê-lo. Mas a leiturafluiu rapidamente (3 dias!) e eu consegui ler esse livro maravilhoso. 
O livro me mostrou uma outra Tris, não aquela Tris que era "feita de pedra" e sim uma menina mais humana, que se importa com o sentimento das outras pessoas, principalmente Tobias. Ela começa a encará-lo como um namorado sério, algo que em Divergente não ficou bem claro. Tem bem mais amor e pegação nesse livro, mas ela também consegue demonstrar que se importa muito com ele, que realmente o ama e tal.
O que também ficou mais claro foi que Tris se arrepende muito de ter matado Will, mesmo sendo por causa da simulação (se ela não o matasse, ele a mataria).

Outra coisa que me chamou bastante a atenção foi a relação dela com Peter. Eles se tornam bem mais próximos, mesmo sendo inimigos MORTAIS. Acabam se ajudando, no fim das contas.

Uma coisa que ficou bem mais clara nesse livro foi como vivem os sem facção. SPOILER! Depois que a mãe de Tobias reaparece com a ideia de tomar o poder junto com os sem facção, as coisas mudam completamente! Eu não achei que o livro pudesse evoluir tanto assim. E as pessoas estão duvidando do que e para que as facções servem. Será que Jeanine é realmente do mal? Será que o pai de Tobias era mesmo do mal?
E a facção amizade, será que vai intervir?

Para quem ainda não leu o livro, não perca seu tempo! Corra e leia. 
Convergente estará fervendo! HAHAHA.

Beijos, voltem sempre. 


29 junho 2014

Li até a página 100: O lado bom da vida, Matthew Quick.

O LADO BOM DA VIDA.
Matthew Quick.
PRIMEIRA FRASE DA PÁGINA 100:
[...] Novamente me pergunto se meu pai vai começar a conversar comigo de noite caso os Eagles ganhem hoje (...)
DO QUE SE TRATA O LIVRO?
Trata-se de um livro que seu personagem principal é Pat, um ex professor que ficou internado em um hospital psiquiátrico que não se lembra de nada do que aconteceu antes de ir para lá. Agora que saiu, ele vê todos seus amigos e familiares com as vidas mudadas, mas não faz ideia de quanto tempo ficou no "lugar ruim". Tudo que ele pensa é como reconquistar sua ex mulher Nikki e exercitar-se.
O QUE ESTÁ ACHANDO ATÉ AGORA?
Estou gostando muito do livro! Não vi o filme até hoje porque antes queria ler o livro. Passei esse livro na frente de vários que eu queria ler. Estou gostando muito da história de Pat, é impossível não se apaixonar por ele e toda sua simplicidade. Também gosto muito dos outros personagens. Não vejo a hora de ver como o livro termina!
O QUE ESTÁ ACHANDO DA PERSONAGEM PRINCIPAL?
Pat é um amor! Se ele realmente existisse, queria ter a chance de conhecê-lo. Ele sempre está disposto para ajudar as pessoas, fica nervoso e muitas vezes guarda isso para si. Suas explosões de raiva o deixam completamente chateado (o que eu acho fofo). É um ótimo personagem!
MELHOR QUOTE ATÉ AGORA:
Deitado da minha cama, pego a foto de Nikki e conto tudo sobre o jantar, e como dei uma boa gorjeta para a garçonete e como Tiffany parecia triste e o quanto eu estou ansioso com o fim do tempo separados para que Nikki e eu possamos dividir cereais com passas em algum restaurante e caminhar em meio ao ar gelado do início de Setembro...

VAI CONTINUAR LENDO?
Com certeza, esperei muito para ler esse livro e estou adorando cada minuto dele.
ÚLTIMA FRASE DA PÁGINA:
As portas finalmente se fecham e meu nariz quase toca o vidro da janela.
Li até a página 100 e… #1 – A Canção do Súcubo   Georgina Kincaid 1, Richelle Mead

22 junho 2014

Série: The Carrie Diaries.





THE CARRIE DIARIES.

ATORES:

AnnaSophia Rob como Carrie Bradshaw.
Ellen Wong como Jill Thompson (Mouse)
Katie Findlay como Maggie Landers.

Stefania Owen como Dorrit Bradshaw.

Austin Butler como Sebastian Kydd
Freema Agyeman como Larissa Louglihton.
Matt Letscher como Tom Bradshaw.
Chloe Bridges como Donna Ladonna.
Brendan Dooling como Walt Reynolds.
Jake Robinson como Bennet.
Evan Crooks como Miller.

SINOPSE.
A história se passa no ano de 1984 e conta a história de Carrie Bradshaw e seu amor pela cidade de Nova York. Na sua adolescência, Carrie mora com seu pai Tom e sua irmã Dorrit. Sua família perdeu sua mãe a pouco tempo e ainda sofrem com o trauma. Além disso, Carrie tem seus próprios problemas escolares, como a paixão pelo novato Sebastian Kydd, que também não esconde sua paixonite por ela, assim atraindo a atenção de algumas "inimigas". Seus amigos também tem problemas para descobrir seu verdadeiro "eu". Carrie consegue um emprego e vai trabalhar uma vez por semana em um escritório em troca de créditos escolares, mas acaba conhecendo Larissa, que trabalha da Interview Magazine. Depois de descobrir tudo que a grande cidade tem a oferecer, Carrie cria para si uma vida diferente do que leva.



Do que eu mais gostei na série:

Eu gosto de tudo na série. Acho muito o Sebastian MUITO LINDO e combina super a Carrie. Gosto muito da Mouse, achei ela bem parecida comigo!  Gosto também do Walt, um dos melhores amigos de Carrie que a acompanha sempre. Mesmo ele sendo um personagem meio segundo plano, sempre gostei dele, com suas "dúvidas" hahaha. É MUITO FOFO.
Gostei também da irmã da Carrie, porque é super HARDCORE. Sempre tem um assim, né? Além disso, a série fala sobre união, amizade e diferenças. Nada mais clichê, mas gosto de coisas assim.

Do que não  gostei na série:

Quem já assistiu a série, tenho certeza que detestou a Maggie. Eu simplesmente odiei ela! É bem aquelas amigas falsas sabe? Mas no fim de tudo, acho que ela não fez por maldade (acho).
Também não gostei muito da Larissa. Imagina aquela amiga mais velha super PERUA que vive atrás de você? Pois é, não que ela precise de você, ela só quer aproveitar mesmo. :P

Se você gosta de comédia, pode ter certeza que vai adorar essa série. Super indico!
Ela tem 2 temporadas. Vocês vão amar.

Beijos, voltem sempre.

21 junho 2014

Li até a página 100: O segredo meu marido, Liane Moriarty.

 
O Segredo do meu marido.
Liane Moriarty.
PRIMEIRA FRASE DA PÁGINA 100:
[...] - Pode ser que ele quisesse ver o jogo de críquete na TV - Ponderou Polly.
DO QUE SE TRATA O LIVRO?
Trata-se de um romance que envolve várias pessoas. Uma delas é Cecília Fitzpatrick, que sem querer descobre um envelope com um carta que contém um segredo de seu marido. Todas as pessoas da trama estão envolvidas com esse segredo. 
O QUE ESTÁ ACHANDO ATÉ AGORA?
Estou gostando muito do livro! Quando vi a capa, não gostei muito. Imaginei que o segredo seria algo como traição... coisas que romances normalmente abordam. Mas ao ler o livro, percebi que estava enganada TOTALMENTE. Até agora o livro está me surpreendendo bastante. A autora conseguiu encaixar várias personagens dentro de uma mesma história, com capítulos para cada personagem (me lembra muito Morte Súbita).
O QUE ESTÁ ACHANDO DA PERSONAGEM PRINCIPAL?
Estou gostando muito de Cecília. Ela é uma mulher forte, mãe e dona de casa, que ama suas filhas acima de tudo. É bem sucedida no emprego, cuida das filhas e faz tudo que pode. Uma verdadeira mãe.
MELHOR QUOTE ATÉ AGORA:
Então, mudou de ideia, recolocou as xícaras na mesa e, quando Will e Felicity observavam, escolheu com cuidado as duas mais cheias, ergueu-as nas palmas das mãos e, com a mira precisa de um jogador de basquete, jogou café frio direto em suas caras idiotas, sérias e ressentidas.

VAI CONTINUAR LENDO?
Com certeza! Esse livro é um suspense só. Toda vez que eu olho para ele, tenho vontade de ler! É realmente muito bom, não deixa você desgrudar.
ÚLTIMA FRASE DA PÁGINA:
- O quê?
Li até a página 100 e… #1 – A Canção do Súcubo   Georgina Kincaid 1, Richelle Mead

20 junho 2014

Trilha sonora: A culpa é das estrelas.

Olá pessoal, bom dia!

Como vão vocês?

Quando saiu o filme A culpa é das estrelas, eu assisti ao filme duas vezes na mesma semana. Na minha cidade, fui á estréia. E no sábado, sai com o meu namorado... Então já sabem, né?
Ainda estou devendo uma resenha completa sobre o filme para vocês, mas prometo fazê-la.

Uma das coisas que eu mais amei no filme foi a trilha sonora. Super simples, romântica, de alguns cantores que eu ainda não conhecia... Me lembrou a trilha sonora de As vantagens de ser invisível.

Se vocês ainda não conhecem a trilha sonora, vejam só:


 All of the stars - Ed Sheeran.


What you wanted - One Republic.


Let me in - Grouplove.


Birdy - Not About Angels.


Boom Clap - Charli XCX


All I want - Kodaline.


Strange things will happen - The Radio Dept.


Long Way Down - Tom Odell.


Wait - M83


Simple as thing - Jake Bugg.


While I'm Alive - STRFKR


Without Words - Ray Lamontagne.


Tongue Tied - Group Love.


Afashi och Filthy - Bomfalleralla.





Gente, eu amei a trilha sonora! Já baixei todas as músicas para o meu celular, rs.
Espero que vocês tenham gostado!

Beijos, voltem sempre!

19 junho 2014

Vocês conhecem a rede social "Filmow" ?

Olá pessoal, bom dia!

Aproveitando o feriado para atualizar o blog e deixar uma dica super legal aqui para vocês.

Bom, nós todos conhecemos redes sociais de livros, como skoob ou orelha de livro. Mas, para os amantes de filmes, também existe uma rede social super fofa, parecidíssima com o Skoob.

Chama-se Filmow.


É muito fácil usar! Você pode fazer login direto com o seu facebook ou twitter. Depois, é só arrumar o perfil do jeito que preferir e começar a escolher seus filmes e séries. Você pode adicionar várias pessoas, conhecer novas séries, acompanhar os lançamentos do cinema (estréia, em cartaz, filmes que estão por vir...) É uma rede social completa!

Eu estou amando experimentar.
Se você já tem uma conta, me adicione lá: andrezasantanna.

Beijos, espero que tenham gostado!

15 junho 2014

Bomba! James Patterson lança "O Beijo"

Olá pessoal! Tudo bom?
Ultimamente não andei postando aqui porque sábado (14/06) foi meu vestibular em Itaperuna - RJ e eu tive que me concentrar muito. Desculpem por ficar ausente.

Enfim, entrei na internet e me deparei com essa notícia!


James Patterson, o autor da série Bruxos e Bruxas lançou seu livro O Beijo!
Gente, fiquei maravilhada com as coisas que li sobre o livro.
Vejam só:

Sinopse:

"No quarto livro da série Bruxos e Bruxas, Whit e Wisty, agora membros do Conselho, estão tentando reconstruir a cidade depois de derrotar O Único Que É O Único, o vilão mais malvado do mundo. Quando tudo parece correr bem, surge uma nova ameaça, personificada na figura do cruel Rei da Montanha. Ele é um mago indestrutível, que deseja a todo custo dominar a cidade. Sem água e prestes a ficar sem alimentos, a população conta com os irmãos Allgood para sobreviver. A aventura e o suspense fazem o leitor prender a respiração a cada vez que um capítulo termina. Mas, com um título como esse, não poderia faltar romance no novo livro de James Patterson... Wisty está encantada pelo jovem Heath, que compreende tão bem os seus dilemas afinal, ele também é um bruxo. Talvez Wisty possa se unir a Heath na guerra contra o Rei da Montanha. Mas o que será que Whit acha disso? Se você ama romance, mistério e ação, O Beijo é o seu livro! Páginas muito intensas, desfechos surpreendentes... Mais uma prova de que James Patterson é o maior autor da sua geração."

E aí pessoal, o que vocês esperam desse livro? Já leram a série?
Esse livro já está na minha lista de desejos, com certeza! Amo a série do James!

Beijos, voltem sempre!

02 junho 2014

Filme: Noé.

Olá pessoal, tudo bom?

Hoje escolhi fazer um post sobre um filme que eu amei. 
Só avisando que esse post contém spoilers e se você ainda não viu esse filme, saiba que está correndo o risco, rs!


O filme não é recomendado para menores de 14 anos.

Noé é um filme baseado na história bíblica. É claro que muita coisa mudou no filme, mas achei que  mensagem ficou bem visível.

"Noé (Russell Crowe) vive com a esposa Naameh (Jennifer Connelly) e os filhos Sem (Douglas Booth), Cam (Logan Lerman) e Jafé (Leo McHugh Carroll) em uma terra desolada, onde os homens perseguem e matam uns aos outros. Um dia, Noé recebe uma mensagem do Criador de que deve encontrar Matusalém (Anthony Hopkins). Durante o percurso ele acaba salvando a vida da jovem Ila (Emma Watson), que tem um ferimento grave na barriga. Ao encontrar Matusalém, Noé descobre que ele tem a tarefa de construir uma imensa arca, que abrigará os animais durante um dilúvio que acabará com a vida na Terra, de forma a que a visão do Criador possa ser, enfim, resgatada."


Minha opinião.

Bom, gostei muito do filme. Em geral, todos os atores e atrizes do filme são ótimos! Um conjunto de Emma Watson (minha preferida), Logan Lerman, Russell Crowe e Anthony Hopkins não podia ser melhor.
Como eu disse lá em cima, o filme passa a mensagem exatamente do jeito que era para ser.
Os efeitos foram todos bem feitos... Enfim, amei o filme! Super indico. Foi um dos meus filmes mais aguardados do ano.


Nota: 9,5.

Nota 9,5 porque por mais que o filme tenha sido perfeito, achei meio dramático. Sim, era para ser dramático mesmo, mas achei que Noé ficou meio paranoico com toda aquela história de "acabar" com a humanidade... Enfim, essa é a minha opinião.

Espero que vocês tenham gostado!
Beijos.

01 junho 2014

Globalização: a influência do ocidente no padrão de beleza mundial - causas e consequências.


♥ | via Tumblr

O padrão de beleza que foi imposto pelo mundo ocidental toma grande incidência no mundo todo. Com a expansão dos meios de comunicação (internet e televisão, principalmente) ficou muito mais fácil acompanhar quais são as últimas tendências, mesmo estando do outro lado do planeta Terra.

Com o grande crescimento da industria da beleza, mulheres do mundo todo se expõem á várias situações de risco, que distorcem sua própria etnia. Tudo isso para chegar o mais próximo possível do padrão europeu e americano. E isso não acontece apenas com jovens mulheres que acabaram de chegar na puberdade: acontece na infância, como um processo de longa duração. A própria criança se compara com o desenho animado ou ator e atriz que admira. 

Porém, toda essa influência vinda do exterior trás consequências fatais para a saúde, não apenas fisíca, mas mental também. Algumas mulheres passam por cirurgias de crescimento onde ossos são quebrados e substituídos por pinos e outras "branqueiam-se" podendo contrair inúmeros problemas, como estrias e acne, até câncer de pele. Se não ficam satisfeitas com o resultado, sua auto-estima cai e isso possivelmente levará a uma depressão. Será que realmente vale a pena toda essa obsessão pela beleza?

Com as cirurgias ficando cada vez mais acessíveis, assim como os meios de comunicação, os números de pessoas que se submetem a esses processos só tende a crescer. Muitas pessoas ainda vão querer "arrumar" suas imperfeições (imperfeições essas impostas pelo ocidente) para se colocarem dentro de um padrão de beleza midialitíco, consequência da globalização.

Meu texto-redação de hoje! Postarei isso mais ou menos 3 vezes por semana.
Espero que vocês gostem!
Beijos